top of page

Quem vai receber o Auxílio Brasil e o Auxílio Emergencial Mineiro?

Veja se você será contemplado pelos benefícios


Em novembro de 2021, o Governo Federal substituiu o programa de transferência de renda Bolsa Família pelo Auxílio Brasil. Com essa nova ferramenta, a ideia é que novos beneficiários também possam ser atendidos pelo projeto. Para simplificar todos esse processo, acompanhe abaixo quem deve receber, como serão incluídos os novos nomes e como funciona também o Auxílio Emergencial Mineiro, um programa do Governo do Estado de Minas Gerais.


Auxílio Brasil


O programa do Governo Federal ainda não especificou a quantidade de novos inscritos que vão receber este benefício. A concessão do Auxílio Brasil tem como um dos principais critérios o cadastro do beneficiário no CadÚnico, mas o Ministério da Cidadania suspendeu por 180 dias, em Outubro, a atualização deste banco de dados e, por isso, a inclusão de novas pessoas ainda é incerta.


Quem já recebe o Bolsa Família deve receber o Auxílio Brasil automaticamente, sem a necessidade de realizar outro cadastro. O calendário deve ser o mesmo utilizado no Bolsa Família, porém o pagamento deve vir com um valor médio de R$ 222, considerando o reajuste de 17,84% sobre o programa anterior.



Auxílio Emergencial Mineiro


Os mineiros em situação de extrema pobreza também terão um programa exclusivo do Governo do Estado. Para ter direito aos R$ 600 em parcela única, a família deveria ter realizado o cadastro no CadÚnico até o dia 22 de maio de 2021. Quem realizou o cadastro no sistema após essa data não atende aos critérios para recebimento do benefício elaborado pelo Governo do Estado de Minas Gerais..



Como me inscrever no CadÚnico ou tirar minhas dúvidas? Para resolver qualquer questão relacionada aos programas citados, basta ir até um Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) em Uberaba. Clicando aqui você encontra os telefones para contato e endereço das instituições.

19 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page