top of page

Setembro Amarelo: mês de prevenção ao suicídio



Instituído pela Organização Mundial da Saúde (OMS) em 2003, o dia 10 de setembro é conhecido internacionalmente como o dia de prevenção do suicídio. No Brasil, a campanha do Setembro Amarelo foi criada em 2015. Um dos principais objetivos é dar visibilidade à causa e trabalhar no combate aos números alarmantes de suicídio no Brasil e no mundo. Você sabe de onde veio a ideia da cor amarela para o mês? Conheça um breve histórico da data.


Como surgiu?


O Setembro Amarelo, bem como toda essa rede mundial de conscientização, começou com a história do jovem Mike Emme, um estadunidense que era conhecido pela sua personalidade carismática e pela habilidade com automóveis. Mike também ficou muito conhecido pelo seu Mustang 68, veículo que ele reformou e pintou na cor amarela. As pessoas ao seu redor não sabiam dos sérios problemas psicológicos que ele enfrentava, o que o levou ao suicídio em 1994, aos 17 anos.


Durante o velório, as pessoas próximas de Mike fizeram uma cesta com cartões amarelos com os dizeres: “Se precisar, peça ajuda”, como uma forma de evitar que casos como o desse jovem se repetissem. A partir daí, muitas pessoas passaram a utilizar cartões amarelos como pedido de ajuda. A ação tomou grandes proporções nos Estados Unidos e no mundo todo e, hoje, a fita e a cor amarela tornaram-se os símbolos oficiais dessa luta.



Procure ajuda!


A Campanha surgiu exatamente para que as pessoas se sintam confortáveis em buscar ajuda. Como se sabe, a tentativa de suicídio pode acontecer com qualquer pessoa, independente do gênero, condição social, idade ou qualquer outro fator nesse sentido. Além do apoio de família e amigos, é importante que quem esteja passando por momentos de crise procure ajuda especializada, através de atendimento psicológico ou psiquiátrico.


Além disso, o Centro de Valorização da Vida (CVV) também oferece um atendimento gratuito para suporte emocional na prevenção ao suicídio. Para falar com os voluntários do programa, basta ligar no 188 ou conversar no chat online do site. O atendimento é realizado 24 horas. A ligação é anônima e os voluntários garantem o sigilo da conversa.


A ação de todos pode salvar vidas! Fale com pessoas próximas e busque ajuda. Se algum conhecido precisar, indique os caminhos necessários para que sua saúde mental seja prioridade. Divulgar a campanha de prevenção ao suicídio também é essencial, assim é possível ampliar e contribuir com esse diálogo.

16 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page